Eduardo Siqueira

A Polícia Federal conduziu o deputado licenciado Eduardo Siqueira Campos (DEM) para prestar depoimento na manhã desta terça-feira, 27. A operação da PF cumpre mandados em Palmas para combater desvios de dinheiro no Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (Igeprev).

O ex-presidente do conselho do Igeprev Lúcio Mascarenhas também foi conduzido coercitivamente pela PF para prestar esclarecimentos.

Em 2016, a Justiça determinou o bloqueio de mais de R$ 250 milhões de cinco ex-gestores do Igeprev. O valor é referente a oito processos por atos de improbidade administrativa, quando o agente público causa lesão ao patrimônio. Os pedidos de bloqueio foram feitos pelo Ministério Público Estadual ainda em 2015 e aceitos pelo Tribunal de Justiça.

Os prejuízos causados no Igeprev com investimentos de risco de 2011 a 2014, podem ultrapassar de R$ 1 bilhão. O deputado Eduardo Siqueira Campos chegou a ser presidente do conselho de administração do órgão, ele sempre negou qualquer participação em irregularidades que causaram os prejuízos ao instituto.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.