O Ministério Público do Estado (MPE), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Araguaína, ofereceu denúncia criminal, nesta sexta-feira, 02, em desfavor do comerciante autônomo Luiz Soares Gomes por tentar assassinar dois moradores de rua, no último dia 24 de maio, na cidade de Araguaína. Além da tentativa de homicídio triplamente qualificado, o MPE quer que o acusado seja condenado ainda por ilegal de arma de fogo.

Consta na denúncia que o acusado disparou em via pública, utilizando-se de arma de fogo, com intenção de matar Ronevaldo Gomes da Silva e Kaique Bezerra de Oliveira, este último conhecido como “Mudinho”, por possuir deficiência da fala. Os dois foram atingidos em regiões vitais do corpo e socorridos pelo Samu. Em estado grave de saúde, passaram por cirurgia e continuam internados no Hospital Regional de Araguaína com graves lesões.

Além de considerar que o crime teve motivação torpe, simplesmente por desprezar moradores de rua, o Promotor de Justiça Leonardo Gouveia Olhê Blanck entendeu que o acusado se utilizou de recurso que impossibilitou a defesa das vítimas e praticou o crime com requintes de crueldade, evidenciado pela reiteração dos disparos.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.