PA-275

A Polícia Militar não vai participar da operação para retirada dos Sem Terras da Fazendinha, em Curionópolis-PA, que de acordo com as informações aconteceria nesta quarta-feira, 21, e talvez nem a Delegacia de Conflitos Agrários (DECA), já que só participaria caso o Ministério Público enviasse representantes para acompanhar a operação.

É que em virtude do mandado de desapropriação ter sido emitido pela Justiça Federal, quem deverá agir no caso será a Polícia Federal.

Enquanto isso os fazendeiros que estavam acampados as margens da PA-275, resolveram interditar a rodovia na altura do Acampamento Frei Henri, entre Curionópolis e Parauapebas. Segundo eles nenhuma autoridade esteve no local para resolver o impasse entre integrantes do MST e fazendeiros na Fazenda Fazendinha.

A interdição se deu às 13 horas e, segundo João Barreto, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas, a estrada permanecerá fechada por tempo indeterminado, sendo aberta de 3 em 3 horas, pois o objetivo é sensibilizar as autoridades para o problema e não tirar o direito de ir e vir da população. (Com: Zé Dudu)

Fazendinha em Curionópolis-PA

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.