Marcão da TV
Marcão da TV

O apresentador e jornalista se ausentará da apresentação dos programas Balanço Geral, da TV Record e Opinião e Debate, da rádio 104,7 FM.

Nesta quarta-feira, 29, foi o último dia do Marcão da TV como apresentador dos programas Balanço Geral, na TV Record/Tocantins e Opinião e Debate, na rádio 104,7 FM.

O jornalista é pré-candidato à prefeitura de Palmas pelo Democratas (DEM).

Motivo da candidatura

“Eu lido com os problemas da cidade diariamente, são reclamações, demandas não resolvidas, broncas, minha profissão funciona como uma ouvidoria da população. Sei o que acontece em cada canto da cidade. Tenho notado que os problemas tem aumentado assustadoramente. Estão relacionados a promessas não cumpridas. Asfalto prometido onde nem regularização fundiária tem, e nada foi feito para regularizar. Se tivesse boa vontade daria para ter regularizado pelo menos 15 áreas, mas mal deram conta do Santo Amaro, e olha que foi depois de 6 anos da doação do Estado para a prefeitura. Faltam unidades habitacionais – ano passado foram entregues pouco mais de 500 unidades, visto que o cadastro é de 28 mil. Algumas unidades que estão inacabadas terão que ser demolidas, pois apresentam risco de desabar.  Obras na saúde totalmente paradas, 5 UBS. Na educação tem ETIs em obra no ritmo da tartaruga, mas já com diretor e professor contratado, um absurdo. Veja os CRAS que foram desativados e ficou por isso mesmo. A desculpa é sempre a mesma: falta dinheiro. O engraçado é que não falta dinheiro para eventos descartáveis e provisórios para que  o prefeito possa desfilar sua “Síndrome de Pavão”. Veja o exemplo dos Jogos Indígenas, corridas e shows. Tem uma tenda e banheiro químico, tem o prefeito. Isso me revolta e revolta a população, que vê o seu dinheiro servindo para promoção pessoal. Eu tenho experiência como empresário, formação acadêmica, pós-acadêmica e experiência em ouvir e lidar com pessoas,  esse é o meu trabalho, e é isso que tem faltado, gente que entenda a população, essa é a minha motivação para ser candidato. Administrar uma cidade não é um negócio, nem um “Sine” para amigos desempregados. Aliás, se fosse negócio o prefeito estaria fazendo um péssimo negócio, onde já se viu contratar uma empresa para gerenciar o estacionamento rotativo e ela ficar com 93% da arrecadação? Um negócio de pai para filho”, ressalta, Marcão da TV.

Sobre o pré-candidato

Marco Antonio Pelagio Alves Poggio é popularmente conhecido como Marcão. Apresentador do programa televisivo “Balanço Geral Tocantins”, exibido diariamente pela afiliada da Rede Record, ele também ancora diariamente o programa de rádio “Opinião e debate”, transmitido pela emissora Jovem Palmas FM.

Goianiense, 51 anos, casado há 30 anos com Shirley Alves Poggio, a arquiteta Shirlynha, Marco Poggio é formado em Direito com especialização em Direito Público pela Faculdade Anhanguera de Goiânia. Também é graduado em comunicação social – publicidade e propaganda, pela Ulbra, de Palmas, com especialização em educação, comunicação e novas tecnologias pela Unitins/UFBA. Fez MBA em marketing político pela Funiversa, em Palmas.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.