rede social
rede social

Na manhã desta quarta-feira, 1º, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), usou suas redes sociais para criticar o parcelamento dos repasses para financiamento de serviços básicos de saúde que estava em débito desde 2012.  O anúncio feito ontem, pelo governador Marcelo Miranda (PMDB) sobre a Pactuação da Atenção à Saúde do Estado. O prefeito falou que não quer “parceria, obras do governo pessimamente administrado”.

Durante o evento, o governador anunciou a autorização para pagamento de R$ 38,5 milhões em repasses para financiamento de serviços básicos de saúde que estava em débito desde 2012 com os municípios, sendo que do total de 139 municípios, 127  já têm autorização do pagamento, os municípios restantes receberão os valores em 27 vezes junto com o repasse mensal, incluindo Palmas.

Em seu perfil, Amastha chama de vergonhosa a atitude do governo. “Vergonhosa atitude do @governoTO no pagamento das dívidas da saúde. Paga os pequenos para fazer política e novamente prejudicam Palmas.” (Com: Jornal Tocantins)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.