Um levantamento divulgado pela Controladoria-Geral da União (CGU), denominado de “Escala Brasil Transparente (EBT)”, avaliou os municípios brasileiros no quesito transparência, no levantamento 14 municípios do Tocantins foram avaliados, entre eles; Axixá, Carrasco Bonito, Nazaré e Buriti do Tocantins, todos da região do bico do papagaio e receberam nota zero da CGU. O município melhor avaliado foi a capital Palmas que obteve nota 05 e aparece em 46º lugar no ranking geral nacional.

Na lista divulgada pela CGU, Buriti do Tocantins é o pior avaliado e fica em 349º na lista ranking geral. No total, 492 municípios brasileiros com até 50 mil habitantes, incluindo todas as capitais, além dos 26 estados e do Distrito Federal foram avaliados.

Agora, as gestões municipais terão até o dia 12 de novembro para se adequarem. O acesso a informação é exigido por lei desde março de 2013.

Segundo o chefe da Controladoria Geral da União, Leonel Alves de Melo, os municípios que não se adequarem sofrerão sanções. “A gente quis deixar bem claro que ao passar dos 180 dias os órgãos de controle vão realizar um novo levantamento e vão fazer um acompanhamento contínuo e aqueles que não atenderem os dispositivos da lei vão ficar impedidos de receberem transferências voluntárias, convênios, contratos de repasse, verbas para o seu município causando enormes prejuízos para a população”, alertou.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.