Na manhã deste domingo, 14, um episódio ocorrido na Rua 4, setor Oeste, em Paraíso do Tocantins, levou Ruvens P. Negreiros, 33 anos, ao Hospital Regional desta cidade, depois de ser atingido com cinco disparos de arma de fogo pelo seu próprio pai, o Policial da Reserva J. L. Negreiros, após uma discussão por questões de dinheiro.
Segundo testemunhas o homem ferido teria chegado na residência de seu pai (Negreiros) acompanhado de uma mulher, o mesmo estava chegando de festas que ocorriam na cidade. Na ocasião teria pedido uma quantia de R$ 100 reais, para pagar dívidas contraídas nesta manhã. Ainda conforme informações o pai dissera que daria apenas R$ 20 reais. Insatisfeito o homem entrou em discussão com seu pai, depois de várias agressões verbais o rapaz teria partido para agressão física, oportunidade em que Negreiros sacou uma arma (pistola) ponto 380 e disparou vários tiros contra o filho.

De acordo com a Polícia Militar ao menos cinco tiros atingiram o rapaz na região do tórax, o mesmo foi encaminhado às pressas para o Hospital Regional Dr. Alfredo de Oliveira Barros, de Paraíso do Tocantins em estado grave.

Após o corrido o Policial da Reserva se apresentou na Delegacia de Plantão do Primeiro Distrito Policial da 6ª Regional de Polícia Civil de Paraíso do Tocantins, acompanhado de sua Advogada, onde além de prestar esclarecimentos sobre o ocorrido entregou a arma do crime.

J.L. Negreiros é um dos policias pioneiros de Paraíso do Tocantins, remanescente de Goiás e goza de boa reputação na cidade.

O Delegado de Plantão e Delegado Regional de Paraíso do Tocantins, Dr. José Antônio da Silva, registrou o flagrante, em seguida liberou o autor dos disparos e aguarda para que a Justiça o convoque em Audiência.

Para as autoridades policiais Militar, Civil e testemunhas, o rapaz é viciado em drogas e tem levado muitos dissabores para a família nos últimos anos, já tendo sido esfaqueado em outra ocasião no setor Pouso Alegre, tendo já registrado várias passagens pela Polícia.

Situação

Informações colhidas pela reportagem do Surgiu ao Hospital Regional: o homem ferido estava passando por cirurgia de alto risco para retiradas de projéteis do corpo. Seu estado é considerado gravíssimo. (Surgiu)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.