Cristiano Araújo e a namorada Allana Coelho
Cristiano Araújo e a namorada Allana Coelho

O cantor Cristiano Araújo morreu vítima de um grave acidente de carro na BR-153, sentido Goiânia, na volta de um show em Itumbiara, no sul de Goiás, na madrugada desta quarta-feira.  A namorada dele, Allana Coelho, de 19 anos, também morreu. A morte do cantor foi confirmada pelo Hospital de Urgências de Goiânia, onde Cristiano deu entrada já sem vida, por volta das 8h30. Ele sofreu politraumatismo e fraturas em várias partes do corpo.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Goiás, o segurança e motorista do cantor, Ronaldo Ribeiro, e o empresário, Victor Leonardo, também estavam no carro, que saiu da pista e capotou no km 613, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, por volta das 3h. O grupo seguia em uma Range Rover quando o motorista perdeu o controle da direção e o carro capotou no canteiro central. A mulher foi arremessada para fora do veículo e morreu na hora. O carro ficou totalmente destruído.

O sertanejo foi socorrido em estado grave e levado ao Hospital Municipal de Morrinhos, onde o recebeu os primeiros atendimentos. Em seguida, ele foi transferido para o Hospital de Urgências de Goiânia, onde deu entrada já sem vida. Já Victor Leonardo e Ronaldo Miranda sofreram lesões leves.

Cristiano Araújo tinha 29 anos. Ele nasceu em 24 de janeiro de 1986, na cidade de Goiânia, e ficou famoso em 2011 com o hit “Efeitos”. O cantor tinha fãs por todo o Brasil e, em sua página no Facebook, mais de 6 milhões de curtidas. Os vídeos publicados no canal oficial do sertanejo no Youtube tinham mais de 250 milhões de visualizações. Cristiano gravou três álbuns ao vivo e um em estúdio, e três DVDs. Entre os maiores sucessos estão “Caso indefinido”, “Hoje eu tô terrível” e “É com ela que eu estou”.(Estado de Minas)

Imagem mostra veículo totalmente destruído
Imagem mostra veículo totalmente destruído
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.