O campeonato inteiro foi recheado de gols e vitórias com placares dilatados. Porém, apesar de chegar invicto à decisão do Campeonato Estadual Sub-17, o Ricanato Futebol Clube enfrentou dificuldades tanto no jogo de ida quanto no primeiro tempo da finalíssima contra o Interporto, em partida realizada neste sábado, 27, no estádio Nilton Santos.

O empate sem gols da primeira etapa levava a decisão para os pênaltis, mas o segundo tempo foi totalmente diferente. Gerlys abriu o placar aos 10 minutos, dando mais tranquilidade para a equipe da capital. Aos 15′ Welliton ampliou de pênalti. Apesar da vantagem no placar, o time de Porto Nacional fez uma boa partida e aos 29′ diminuiu com Murilo.

Nos últimos minutos o Ricanato ainda encontrou forças para fazer mais dois gols. Valber e Gerlys fecharam o placar de 4 a 1 e garantiu o título estadual para o time da capital.

“Trabalhamos muito e contamos com muito apoio da diretoria, que investiu e acreditou neste projeto. Agora é comemorar mais este título e continuar o planejamento para o segundo semestre com a equipe sub-19”, comentou o técnico Elias Pereira, que não conseguiu escapar da promessa e teve a cabeça raspada pelos atletas, após o apito final.

Premiações

A boa campanha do Ricanato FC teve o reconhecimento da Federação Tocantinense de Futebol (FTF). Luis Eduardo foi o goleiro menos vazado, Pedro Paulo o artilheiro (8 gols) e Walace, ao lado de Murilo do Interporto, foi escolhido o melhor atleta do campeonato.

Copa 02 de julho

Com o título o time da capital conquistou a vaga em uma das maiores competições de base do país. A equipe embarca nesta segunda-feira, 29, para Salvador onde disputará a Copa 02 de Julho.

O campeonato reúne times como Bahia, Vitória, Flamengo, Palmeira, Cruzeiro, Atlético Mineiro entre outros. O Ricanto está no grupo G, ao lado de Cruzeiro, Camaçari, Lauro de Freitas e Lusaca.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.