20150605215241_avh6cfo2ksy6fta2sggv9ifhdpvwwrh4_yke8cm7lrdcUm comerciante foi morto a tiros, dentro de um bar, no começo da noite desta sexta-feira, 05, em Araguaína. O crime aconteceu em um estabelecimento na rua Dom Bosco, no bairro Senador.

A vítima é Ovídio Alves Ferreira, de 82 anos. O suspeito é o empresário Júnior Ferro, um dos fundadores do cólegio Nerd’s. Conforme relatos de testemunhas, os dois teriam se desentendido por causa de um troco.

Suspeito do crime, Júnior Ferro
Suspeito do crime, Júnior Ferro

Júnior tomou uma cerveja no bar de Ovídio e foi pagar a bebida com uma nota de R$ 50. O comerciante afirmou que não tinha troco e pediu a Ferro que pagasse depois. Júnior insistiu. Os dois bateram boca. Cansado da confusão, o idoso disse ao suspeito que ele não precisava mais pagar e que era para ir embora do estabelecimento porque ele não gostava de gente tatuada no local.

Revoltado, Ferro sacou um revólver 380 e disse que ia ensinar Ovídio a “respeitar homem”. O empresário atirou várias vezes contra o dono do bar. Os disparos foram efetuados à queima roupa. O idoso não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O corpo de Ovídio foi encaminhado para exames no Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína.

A PM informou que faz buscas na região a procura de Júnior Ferro, mas até o momento, o empresário não foi localizado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.