Quem pretende fazer uma viagem internacional pode se perguntar sobre o que é preciso fazer para poder dirigir em outro país. A princípio, parece ser algo muito difícil, burocrático e caro. Mas não é bem assim. O Detran Tocantins explica pra você o que é necessário e qual o processo para fazer a sua PID (Permissão Internacional para Dirigir).

O modelo brasileiro de PID segue o padrão estabelecido na Convenção de Viena e pode ser utilizada em mais de cem países. Contudo, em território brasileiro, a PID não substitui CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Para adquirir a PID, o condutor deve se dirigir a qualquer Ciretran ou posto de atendimento do Detran Tocantins, portando os seguintes documentos:

Comprovante de endereço;

Original da Carteira Nacional de Habilitação (com validade superior a um ano).

A partir disso, é montado um processo para a emissão da PID. O processo é simples e é cobrada uma taxa no valor de R$ 90,00, que pode ser paga em qualquer agência bancária. Então, dentro de uma semana a PID é emitida pelo Detran e pode ser retirada pelo usuário.

Como funciona a PID

A Permissão Internacional para Dirigir é aceita em mais de cem países. Ela pode ser feita por qualquer condutor que possua a CNH definitiva, a qual deve ter o prazo de validade superior a um ano. Caso contrário, esta deve ser renovada para, então, ser possível dar continuidade ao processo da PID.

O prazo de validade da PID é igual ao da CHN, uma vez que a Permissão Internacional é destinada para pessoas que estarão temporariamente em outros países. Para pessoas que pretendem residir no exterior é aconselhável que procurem o órgão ou entidade de trânsito do país em questão, para, assim, realizar o processo de formação de condutores exigido por eles.

Veja abaixo os países onde a Permissão é aceita:

África do Sul

Albânia

Alemanha

Angola

Argélia

Argentina

Austrália

Áustria

Azerbaijão

Bahamas

Bahrein

Bielorrússia

Bélgica

Bolívia

Bósnia e Herzegovina

Brasil

Bulgária

Canadá

Cabo Verde

Cazaquistão

Chile

Colômbia

Coreia do Sul

Costa do Marfim

Costa Rica

Croácia

Cuba

Dinamarca

El Salvador

Equador

Eslováquia

Eslovênia

Espanha

Estados Unidos

Estônia

Filipinas

Finlândia

França

Gabão

Gana

Geórgia

Grécia

Guatemala

Guiana

Guiné-Bissau

Haiti

Honduras

Hong Kong

Hungria

Indonésia

Irã

Israel

Itália

Kuwait

Letônia

Líbia

Lituânia

Luxemburgo

Macau

Macedônia

Marrocos

México

Moldávia

Mônaco

Mongólia

Montenegro

Namíbia

Nicarágua

Níger

Noruega

Nova Zelândia

Países Baixos

Panamá

Paquistão

Paraguai

Peru

Polônia

Portugal

Reino Unido

República Centro-Africana

República Democrática do Congo

República Checa

República Dominicana

Romênia

Rússia

San Marino

São Tomé e Príncipe

Senegal

Sérvia

Seychelles

Singapura

Suécia

Suíça

Tajiquistão

Tunísia

Turcomenistão

Ucrânia

Uruguai

Uzbequistão

Venezuela

Zimbabwe

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.