Um caminhão despencou de uma ponte que dá acesso a Barrolândia, norte do Tocantins. A polícia disse que o motorista trafegava no km 462 da BR-153, neste sábado (20), quando na ponte do córrego do Ouro, perdeu o controle da direção.

As imagens impressionaram os motoristas que passaram no local. A cabine caiu de ponta, chegou a encostar no chão, mas o motorista, que não teve o nome divulgado, sofreu apenas ferimentos leves. Ele é de Imperatriz e viajava para Anápolis. O caminhão estava sem carga. A polícia disse que ele não quis ir para o hospital. A pista só foi totalmente liberada cerca de 19h depois.

Por causa do acidente, a rodovia precisou ser interditada, por volta das 17h30. Após cinco horas, a rodovia foi liberada em meia pista. Nesse período o trânsito foi desviado para a rodovia TO-348, com acesso à rodovia TO-080 e retornando a BR 153 em Paraíso do Tocantins, para os que trafegavam sentido norte-sul. Já para os usuários da BR-153 que trafegavam sentido sul-norte, o trânsito seguiu caminho inverso. A liberação total só aconteceu por volta de 12h de domingo (21).

Nos últimos três dias, a Polícia Rodoviária Federal registrou, além deste acidente, mais sete nas rodovias federais do Tocantins. Segundo informações da polícia, todos aconteceram na BR-153, sendo que quatro deles foram registrados na região norte do estado. Ninguém morreu, mas cinco pessoas sofreram ferimentos leves.

A PRF disse que foram quatro acidentes do tipo saída de pista, um tombamento, um atropelamento de animal, uma colisão traseira e uma colisão transversal. Apesar do número alto, a PRF disse que a média registrada em 2014 foi de 4,5 acidentes por dia.

A polícia ainda informou que dos oito acidentes, quatro podem ter relação com alta velocidade, um por não guardar a distância de segurança e o outro por causa do uso de bebidas alcoólicas. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.