Já estão abertas as inscrições para a 7ª edição da Conferência Municipal de Saúde, em Araguaína, que será realizada nos dias 19 e 20 de junho. Os interessados  sejam eles delegados, convidados ou observadores, podem se inscrever gratuitamente até domingo, dia 14 de junho, no site da Prefeitura: www.araguaina.to.gov.br. Além de gestores do SUS no município, podem participar também do evento trabalhadores da saúde, representantes de vários segmentos sociais e a comunidade em geral.

Promovido em parceira com o Conselho Municipal de Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde, a abertura oficial da 7ª Conferência Municipal acontece no dia 19, a partir das 18h, no auditório do ITPAC, com a presença do prefeito Ronaldo Dimas e da presidente do Conselho Nacional de Saúde, Maria do Rosário. Os trabalhos continuam no dia 20, a partir das 7h30, e segue durante todo o dia. “Saúde Pública de Qualidade para Cuidar Bem das Pessoas: Direito do Povo Brasileiro” é o tema deste ano do evento.

Objetivos

O objetivo é ouvir a população em relação aos problemas enfrentados nas comunidades, discutir soluções junto aos participantes, analisar a situação atual do Sistema Único de Saúde (SUS) e definir princípios, diretrizes e prioridades para melhorar a saúde pública de Araguaína. “Queremos avaliar a situação da saúde, propor condições de acesso, acolhimento, definir diretrizes e prioridades para as políticas de saúde e fortalecer o controle social”, assegurou o secretário da Saúde, Jean Luis Coutinho Santos.

O gestor da pasta destacou que o evento é realizado a cada quatro anos e que, antes da realização da Conferência, foram promovidas as pré-conferências nas Unidades Básicas de Saúde. “Estaremos debatendo, junto com a sociedade, uma saúde melhor para os araguainenses, com equidade, humanidade, acessibilidade e de boa qualidade”, afirmou Coutinho.

Eixos temáticos

Durante a Conferência serão expostos e discutidos oito eixos temáticos: Direito à saúde, garantia de acesso e atenção de qualidade; Participação social; Valorização do trabalho e da educação em saúde; Financiamento do SUS e Relação Público-Privado; Gestão do SUS e Modelos de Atenção à Saúde; Informação, Educação e Política de Comunicação do SUS; Ciência, Tecnologia e Inovação no SUS; e Reformas Democráticas e Populares do Estado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.