Moradores da cidade de São Domingos do Araguaia-PA, situada a 54 km de Marabá, continuam preocupados com a situação caótica do trânsito local. Populares registram fotos do trânsito na cidade denunciando as situações de risco vivenciadas por condutores e pedestres daquele município.

Na última terça-feira (17), houve um protesto realizado pela população em São Domingos, após o motoqueiro José Marques ter perdido a vida ao colidir sua motocicleta contra uma van na entrada da cidade. Segundo os manifestantes, o acidente aconteceu porque foi retirado um redutor de velocidade precisamente de onde ocorreu a tragédia.

Preocupados com a ocorrência de novos desastres no mesmo lugar, cidadãos realizaram coletas, compraram cimento e refizeram, por conta própria, uma nova lombada. Além da retirada do quebra-molas, os manifestantes reclamam que os vanzeiros estão pegando passageiros em um ponto inadequado, localizado muito próximo à Rodovia Transamazônica (BR-230).

Segundo eles, as manobras perigosas realizadas pelos condutores de vans têm aumentado o risco de novos acidentes. Com base nisso, os manifestantes exigem que estes veículos de passageiros voltem a trabalhar no Terminal Rodoviário da cidade.

Acidentes

Na madrugada de quarta-feira (18), o morador da cidade Luís Carlos registrou mais um acidente fatal em São Domingos. Antônio Acenildo Alves da Silva, de 30 anos, morreu depois que bateu sua moto em um poste localizado no Bairro Braga. Segundo testemunhas, ele estaria alcoolizado. Por sua vez, o carona da vítima, identificado apenas como Rafael, encontra-se internado no Hospital Municipal de São Domingos.

Já o técnico em aparelhos celulares Júnior Félix enviou imagens de um cavalo passeando tranquilamente pelas ruas da cidade. “Todos os dias encontramos animais nas ruas de São Domingos, eu acho isso muito perigoso”, disse Félix. O que se ver são flagrantes de várias imprudências nas vias do município, motoqueiros sem utilizar capacete, além de outros com três pessoas em cima de uma moto.

Além de José e Antônio, vários outros condutores já perderam a vida no trânsito caótico de São Domingos. Assessoria da Prefeitura de São Domingos se recusou a falar sobre o assunto.

O perímetro urbano de São Domingos é cortado pela Rodovia Transamazônica (BR-230), por onde passa, diariamente, um enorme fluxo de caminhões. Por não existir regras de trânsito sistematizadas, motoqueiros se arriscam passeando pela rodovia sem a utilização de capacetes, entre outros comportamentos infratores.

(Narcisio Ferreira)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.