Após intenso trabalho de investigação e diligências aos Estados do Maranhão e do Pará, Policiais Civis da Delegacia de Augustinópolis, comandados pelo Delegado Eduardo Morais Artiaga, deram cumprimento, na manhã deste sábado, 31 na cidade de Marabá/PA, ao mandado de prisão preventiva em desfavor de Milton de Assis Campos.

Ele é acusado, juntamente com Lindomar Feitosa Gomes, que já havia sido preso pela PC, na última quinta-feira, 29, pelo homicídio que vitimou o ex–vereador de Augustinópolis, Francisco Martins de Almeida, também conhecido como “Mazim”, crime ocorrido no último dia 19 de maio, no assentamento PA Solidário, zona rural daquele município.

De acordo com o Delegado Artiaga, vítima e acusados se desentenderam durante uma festa que estava sendo realizada no referido Assentamento. Após algum tempo, os dois homens foram até a residência da vítima onde ocorreu uma nova briga, momento em que Lindomar entregou uma faca a Milton que desferiu um único golpe em “Mazim” que não resistiu ao ferimento e veio a óbito no local.

Após cometer o crime, Lindomar fugiu para Goiânia e Milton evadiu-se para Marabá onde estava escondido, desde então, na casa de parentes sendo capturado na manhã de hoje. No momento de sua prisão, o indivíduo já se preparava para novamente empreender fuga, desta vez com destino ao Estado do Piauí, uma vez que já havia tomado conhecimento da prisão do outro acusado pelo assassinato.

O homem foi recolhido ao presídio regional de Marabá e deverá ser recambiado para o município do extremo Norte do Estado, o mais brevemente possível, onde responderá pelo crime que lhe é imputado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.