Foto: Sindeposto

O Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Estado do Tocantins (Sindiposto) repudia toda e qualquer forma de cobrança indevida por parte dos postos para com os consumidores.

Confira íntegra de nota de repúdio do Sindeposto:

Nota Sindiposto

O Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Estado do Tocantins (Sindiposto) repudia toda e qualquer forma de cobrança indevida por parte dos postos para com os consumidores.

Na tarde desta quinta-feira o Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecom), setor da Defensoria Pública destinado à defesa dos interesses do consumidor, encaminhou um documento à entidade pedindo que a mesma oriente todos os postos de combustíveis quanto à ilegalidade no aumento dos preços dos combustíveis sob o argumento da paralisação dos caminhoneiros. No entendimento do núcleo, isso configura prática abusiva passível de punição, bem como para resguardar as boas práticas comerciais e os direitos básicos do consumidor.

Em concordância com o órgão o Sindiposto ainda alerta à população que todo e qualquer abuso praticado por parte dos postos de combustíveis no Tocantins deve ser comunicado imediatamente ao órgão de Defesa do Consumidor (Procon).

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.