O Governo do Tocantins publicou nesta segunda-feira, 30, um decreto para reduzir a jornada de trabalho dos servidores públicos do estado de oito para seis horas diárias. A medida começa a valer já na quarta-feira, 2, e será das 8h às 14h.

Consultado pelo WebJornal Norte do Tocantins, funcionários do Estado disseram que com a volta da jornada para 6h, a produtividade no trabalho é maior, tem mais tempo para estar com a família e resolver problemas pessoais, além de menor gasto com o transporte.

Segundo uma funcionária pública da Capital, a medida diminuirá sua despesa com a babá de seus dois filhos, que a partir deste mês passará a pagar apenas o período da manhã. “Pago uma pessoa para ficar com meus filhos todos os dias, agora pagarei apenas meio período, gostei muito dessa medida adotada pelo governador’, disse Gizelda, moradora de Palmas.

Outro funcionário disse a nossa equipe que a jornada sendo de 8h às 14hs, vai ajudar muito sua família, que trabalham com a venda de espetinhos em Araguaína e com isso ele poderá também ajudar e ganhar um extra, o que era impossível pois só chegava em casa à noite. ”O governador acertou em cheio com essa mudança, a gente já ganha pouco, agora poderemos fazer nossos bicos para complementar nossa renda”, disse o servidor.

Nossa equipe também ouviu servidores que são contra a volta da jornada, por acreditarem que não há nenhuma vantagem.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.