O Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Estado do Tocantins (Sindiposto-TO) informou, na noite desta segunda-feira, 28, que a situação relativa à falta de combustíveis no Estado permanecer a mesma.

O Sindicato-TO ainda informa que está negociando o carregamento de combustível para questões da Segurança Pública, Saúde e demais instituições públicas locais do Estado.

A estimativa do Sindicato é que mais de 90% do Tocantins esteja desabastecido e não há previsão para normalização da situação para a população.

A greve dos caminhoneiros no Tocantins completou uma semana nesta segunda-feira, 28. Mesmo após as medidas anunciadas pelo presidente os caminhoneiros permanecem a mobilização em todo o Tocantins.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.