O candidato da coligação A vez dos tocantinenses, Vicentinho Alves (PR), iniciou sua campanha em Palmas reunindo-se com dezenas de lideranças evangélicas do Campo Nação Madureira, que é presidido pelo Pastor Amarildo Martins, na noite de quarta-feira, 9.

“Na reunião nós tínhamos quase todos os pastores dirigentes de congregação do nosso campo. Isso mostra que o interesse de nossos companheiros está nessa direção. Temos convicção de que o estado, chegando às mãos do governador Vicentinho, estará em boas mãos, porque é um homem equilibrado”, disse o Pastor Amarildo.

Na opinião do líder evangélico, “o senador Vicentinho é a pessoa que o Tocantins está precisando. Chegou o momento dele, chegou a vez do curraleiro. Cada pessoa tem o seu momento. Acho que Deus preparou esse momento para que ele estivesse governando. O momento hoje é de um pacificador, e Vicentinho é um pacificador”.

Pastor Amarildo preside o campo Nação Madureira em Palmas, mas afirmou que o apoio a Vicentinho Alves como candidato a governador nas eleições suplementares de 3 de junho é de todo o Ministério Madureira, que, segundo ele, está presente em todos os municípios, em quase todos os distritos, quase todos os povoados e já passou de 60 por cento dos assentamentos. “É um apoio geral e irrestrito ao  22, com alegria”, garantiu.

Vicentinho Alves agradeceu o apoio maciço dos líderes evangélicos e reafirmou seu compromisso de se posicionar, como sempre se posicionou em todas as votações, por mais polêmicas que fossem, como um político de formação cristã.

O candidato disse que quer a participação dos evangélicos no governo do estado, “porque aonde a igreja está presente, eu vejo o império da ordem, e isso é muito bom para o desenvolvimento da sociedade”.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.