O candidato do Psol ao Governo do Tocantins, Mário Lúcio, teve vários compromissos de agenda nesta quarta-feira, 30, em Palmas. Durante o dia, ele e sua equipe visitaram a sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/TO), o Ministério Público Estadual (MPE), onde Mário Lúcio atuou como promotor nos anos 90, e também a sede da superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Tocantins.

“Conversamos com os servidores públicos e com os cidadãos que se encontravam nesses órgãos, falamos das nossas propostas para governar o Tocantins e saímos muito satisfeitos com o apoio e a receptividade com que nos receberam. Em todos os lugares que fomos, sentimos um grande desejo da população por mudança, para tirar do poder essas pessoas que tem a política como profissão há anos”, disse Mário Lúcio.

No período da noite desta quarta-feira, Mário Lúcio se reuniu com mulheres na Casa da Mulher 8 de Março, que fica na quadra 305 norte, em Palmas. A pauta da reunião foi a discussão de propostas voltadas para valorização da mulher na sociedade e no mercado de trabalho, além de medidas para conter o aumento de crime de feminicídio.

Plano de Governo contempla políticas públicas para as mulheres

Em seu Plano de Governo, Mário Lúcio contempla políticas públicas voltadas para a preservação e ampliação dos direitos das mulheres e também contra a violência doméstica. “No meu plano de governo, vamos criar a Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres, responsável pelo desenvolvimento da gestão e articulação de políticas públicas, com dotação orçamentária adequada, que garanta que as mulheres e meninas tenham acesso à saúde, educação de qualidade, profissionalização e emprego decente em igualdade de condições”, pontuou.

O candidato disse que as medidas propostas em seu plano objetivam a emancipação das mulheres tocantinenses. “Vamos implantar serviços especializados e integrados de prevenção e combate à violência contra mulher e amparo multidisciplinar para as suas vítimas, em especial as mulheres e meninas. Além disso, vamos ampliar as delegacias especializadas no atendimento da mulher atendendo as demandas existentes nas cidades do Estado”, garantiu.

O Plano de Governo de Mário Lúcio também contempla iniciativas voltadas para a saúde das mulheres. “Nossa proposta é para uma prestação dos serviços básicos de saúde 24 horas e aos finais de semana, com qualidade, equipados com profissionais capacitados, quais sejam: centros de referências, casa de passagem, casa abrigo, conselhos tutelares, delegacias especializadas de atendimento às mulheres e Instituto Médico Legal. Além disso, vamos desenvolver o programa Saúde da Mulher com prestação de serviços básicos com eficiência, humanizados e com linguagem acessível às mulheres camponesas (acampadas, assentadas e reassentadas) e indígenas”, disse.

Nas políticas públicas voltadas para as mulheres, Mário Lúcio planeja ainda fazer melhoria das condições do presídio feminino e centros de atendimento socioeducativo, nos quais sejam eliminadas todas as formas de revista íntima constrangedora aos familiares das encarceradas e a promoção de uma educação não sexista, não machista, não homofóbica e laica, que promova a igualdade entre mulheres e homens, com inclusão deste aspecto no Plano Estadual de Educação e ampla divulgação da Lei Maria da Penha em linguagem popular.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.