Durante sua passagem por Araguaína, Mário Lúcio, candidato do Psol ao Governo do Tocantins, se reuniu na manhã desta quarta-feira, 16, com camponeses que são posseiros de áreas que pertencem à União e que o Estado quer titular em nome de grandes investidores.

“A questão da regularização fundiária é uma questão que consta no meu Plano de Governo e que considero de extrema importância para resolver problemas e conflitos agrários, além de garantir estabilidade para que o dono da propriedade tenha acesso a linhas de créditos e possa desenvolver suas atividades tranquilamente”, afirmou Mário Lúcio.

Para o candidato do Psol, os camponeses presentes no evento chegaram a pedir socorro para que a situação fosse resolvida. “Nos reunimos com 23 pessoas que pediram para que a gente pudesse apoiá-las. Elas estão desacreditadas da política e dos políticos que nada tem feito para solucionar esse problema. Durante toda a minha trajetória como procurador da República lutei por causas que envolvem conflitos de terra, regularização fundiária e preservação de direitos das minorias. É uma bandeira de vida que eu tenho, por isso acrescentei esse compromisso a minha agenda”, concluiu Mário Lúcio.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.