Hospital Dom Orione

Por adotar continuamente práticas sustentáveis em seu serviço de alimentação, o Hospital Dom Orione foi aprovado no Programa Green Kitchen 2018. Desde o ano passado a unidade é a única do Tocantins a figurar na seleta lista de instituições brasileiras que fazem parte do programa. A adesão é fruto de um trabalho que prima pelo aprimoramento constante do serviço de refeições.

Para o gerente de apoio do Hospital Dom Orione, Antônio Luís Duarte, a conquista e manutenção do selo foi possível devido ao empenho da instituição em levar a natureza à mesa. “Nos preocupamos em fornecer refeições puras e devolver ao meio ambiente o mínimo de resíduos sólidos, na melhor forma de recuperação, com a classificação e separação destes resíduos, garantindo alimentação de forma saudável e sustentável”.

O diretor presidente do Hospital Dom Orione, Padre Jarbas Assunção Serpa, comemora a renovação do selo. “O reconhecimento de um amplo trabalho de melhoria contínua”, destacou. “Para nós é uma grande satisfação fazer parte deste programa, uma referência nacional que atesta a qualidade do nosso serviço de nutrição para pacientes, acompanhantes e colaboradores”, completou o presidente.

Para aderir ao programa, as instituições passam por uma série de avaliações, como explica a coordenadora técnica do Setor de Nutrição e Dietética (SND) do Hospital Dom Orione, Ramylla Rizia Palitot. “Somos avaliados desde os utensílios que utilizamos na cozinha até a qualidade dos alimentos. É uma avaliação bem rigorosa e conseguimos a pontuação 27, dentro da média nacional”, explicou.

O programa

Iniciado nos cursos de planejamento e sustentabilidade da FUPAM – Fundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente, o Programa Green Kitchen é indicado para restaurantes que queiram aprimorar constantemente seu padrão de qualidade em benefício de seus clientes e sua região, levando em consideração aspectos sociais e ambientais.

O programa é conduzido por uma comissão de profissionais multidisciplinares do setor de food service, com participação de nutricionistas, arquitetos e jornalistas especializados. A seleção das instituições participantes no programa é baseada em critérios internacionais de medição de eficiência na responsabilidade social e ambiental.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.