Polícia Civil de Araguaína prendeu Adiel Sousa de Oliveira, de 37 anos, por ameaçar atirar em travestis que trabalhavam em um ponto de prostituição da cidade. O homem teria ido com uma arma até o local conhecido como entroncamento na noite deste sábado, 20. A motivação das ameaças, de acordo com a polícia, foi homofobia.

Uma das travestis conseguiu se afastar sem ser percebida e chamou a polícia. Oliveira já tinha deixado o local quando a viatura chegou, mas ameaçou voltar mais tarde. As vítimas deram as características do carro do suspeito que foi encontrado minutos depois.

Dentro do veículo foi encontrada uma arma calibre 38 e cinco munições. Além das ameaças, Adiel Sousa vai responder por porte ilegal de arma de fogo, já que o revólver não tinha a documentação necessária.

O suspeito prestou depoimento na central de flagrantes e foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.