Policiais Civis  de Palmas, efetuaram, na tarde desta segunda-feira (30), a prisão de Alekssandro de Souza Silva, de 32 anos pela prática do crime de desobediência a decisão judicial.

De acordo com os delegados responsáveis pelo caso, Alekssandro, juntamente com outro indivíduo já devidamente qualificado, são os principais suspeitos de atearem fogo ao veículo de propriedade do marido da ex-mulher de Alekssandro, fato ocorrido na noite do último domingo, no Setor Santa Bárbara, em Palmas.

Segundo as investigações, a mulher, que foi casada com Alekssandro por mais de 3 anos, tinha uma medida protetiva de urgência contra o homem, no entanto, na noite do último domingo, o suspeito, juntamente com outro indivíduo, foram até a casa da mulher e colocaram fogo no automóvel do atual marido dela, com a utilização de gasolina. Devido à intensidade das chamas, o carro ficou completamente destruído.

Após ser informada do fato, uma equipe da 5ª DP com apoio de agentes do Plantão, deu início às buscas e após ouvirem testemunhas, chegaram até Alekssandro, o qual estava em um bar no Setor Taquari. Desta maneira, o homem foi preso em flagrante e conduzido até a Central de atendimento da Polícia Civil, na região Sul, onde foi autuado em flagrante por descumprimento a ordem judicial.

Após a realização das providências legais cabíveis, Alekssandro foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.