Para garantir a segurança da população tocantinense nos municípios do interior e também com o objetivo de dar celeridade ao processo de convocação dos aprovados do concurso público da Polícia Civil, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), convocou nesta segunda-feira, 28, 60 aprovados no último certame. Fazem parte deste grupo, 22 delegados, 26 escrivães e 12 peritos que vão atuar combatendo à criminalidade nos municípios do interior do Estado. As nomeações já estavam previstas, inclusive na Lei Orçamentária Anual e serão publicadas no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, 28; já os novos servidores têm até 30 dias para tomar posse.

Segundo o secretário de Estado da SSP, Deusiano Amorim, “todo esse pessoal que foi nomeado hoje vai ser lotado no interior do Tocantins, para reforçar o trabalho nos municípios onde ainda encontramos déficit na segurança da população. Com esse reforço na Polícia Civil, nós vamos garantir a segurança de toda a população tocantinense”, afirmou. Sobre a questão da aparelhagem dos novos servidores, o secretário afirmou que a pasta já dispõe de armamento. “Além do armamento que já dispomos, a Secretaria está em fase final de aquisição de mais armas e munições por meio do Fumpol-TO [Fundo para Modernização da Polícia Civil do Estado do Tocantins]”, informou.

Expectativas

Para o professor universitário, mestre em Direitos Humanos e agora nomeado delegado, Enio Walcacer, a chegada de novos profissionais da segurança nos quadros da SSP vai diminuir os índices de violência registrados no Tocantins. “Não só eu, mas todos os colegas nomeados entendemos que este é um reforço nas prioridades do Governo nas ações da segurança pública”, afirmou.

Já o analista de sistemas e futuro perito criminal, Ronivaldo Veloso Pugas, festeja o fim da espera de mais de quatro anos após ser aprovado. “Estou feliz, porque já estava passando da hora”, afirmou. Quem também comemora a nomeação é a advogada Laís Gomes, que vai assumir o cargo efetivo de escrivã. “A vida da gente deu uma estagnada, porque concluímos todas as etapas do concurso, mas não fomos chamados. Agora, essa expectativa vai se concretizar”, argumentou.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.