Enquanto os adversários fazem promessas inexequíveis para a área da educação, o governador interino e candidato ao Governo do Estado, Mauro Carlesse, está agindo, com medidas simples, mas eficazes para a melhoria da qualidade do ensino na rede pública estadual. Por determinação sua, nesta sexta-feira, 25, a secretária de Estado da Educação, Adriana Aguiar, assinou ordem de serviço para  ampliação de três escolas estaduais em Araguaína: CEM Paulo Freire, CEM Benjamin José de Almeida e Colégio Estadual Rui Barbosa.

“Nenhum lugar do mundo se desenvolve sem investimentos em educação. Neste momento, mesmo com tantas dificuldades financeiras, estamos fazendo a nossa parte para melhorar a vida dos professores e dos estudantes. Educação, no nosso governo, é prioridade”, reafirmou Carlesse.

De acordo com a Seduc, as obras – orçadas em mais R$ 1,3 milhões – serão executadas pela construtora Moeda Engenharia, e devem ser concluídas no prazo de 180 dias. As três escolas passarão a contar com refeitório, abrigo de gás e depósito de lixo.

Durante a assinatura da ordem de serviços, Adriana Aguiar adiantou que a gestão de Carlesse vai reajustar o orçamento da merenda escolar, já que não adianta melhorar a estrutura física das escolas, mas não investir na alimentação dos alunos, como acontecia no Governo anterior. “Teremos que andar a passos largos para estar à altura do que eles têm na rede municipal [de Araguaína], para que não sintam essa ruptura”, exemplificou.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.