Neste sábado 12, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) confirmou a identificação de mais duas vítimas do desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, no centro de São Paulo.

De acordo com a Polícia Técnico-Científica, são os restos mortais dos irmãos gêmeos Wendel e Werner, de 10 anos. Os corpos dos meninos foram achados na quarta-feira 9, no local do desabamento.

O Núcleo de Biologia e Bioquímica do IC [Instituto de Criminalística] informa que o DNA recolhido dos remanescentes humanos de duas crianças encontrados na última quarta-feira 9 apresentou vínculo genético com o material fornecido pela família dos gêmeos, diz nota da SSP.

A mãe deles, Selma Almeida da Silva, de 40 anos, ainda é procurada nos escombros.

Os bombeiros entraram no 12º dia de buscas neste sábado 12, mas o trabalho com as máquinas foi temporariamente paralisado para a retirada da água encontrada no segundo subsolo.

O corpo de Bombeiros chegou na parte que representava o segundo subsolo do prédio e nesse local encontrados dois veículos extremamente destruídos, são partes dos veículos, carcaças que foram retiradas, porém ele está inundado, cheio de água, disse o tenente.

Nós vamos fazer a sucção dessa água para identificar e tentar localizar vítimas ou partes dos seres humanos que poderiam estar ali no momento do desabamento, afirmou. De acordo com o tenente, as buscas devem ser encerradas até a próxima segunda-feira 14. (Veja)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.