A equipe da Escola Judiciária Eleitoral (EJE-TO) esteve na sexta-feira, 4, na Escola Estadual em Tempo Integral Professora Elizângela Glória Cardoso para realizar mais uma etapa do projeto Agentes da Democracia: formação de eleitores e políticos do futuro. A ação objetiva levar aos jovens eleitores informação e despertar a consciência cívica. Durante as atividades, os estudantes participaram de uma votação simulada e realizaram alistamento eleitoral.

A desembargadora Ângela Prudente destacou a importância do trabalho em prol de eleitores mais críticos e preparados. “Desde março estamos visitando os municípios tocantinenses, já estivemos em 33 zonas eleitorais e em 56 escolas. Nossa expectativa foi superada com essa ação”.

Representando a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), o subsecretário Robson Vila Nova destacou o trabalho da equipe e a importância da educação nos poderes constituintes. “Por meio de debates, podemos repensar qual o político e política queremos no futuro. A ação de hoje não é o início ou o fim, mas uma atividade meio, já que a política deve ser um tema contínuo, frequente e permanente”, disse.

Marina de Alcobaça Campos, da 3ª série do ensino médio, frisou a importância da palestra para a equipe. “Poucos jovens se interessam com a política brasileira e, no cenário em que vivemos, muitos desistem de tentar entender ou achar uma solução. A palestra pode despertar o interesse dos alunos na escolha dos representantes”, destacou.

Já Hilquias Hakylla Santana de Oliveira, 15 anos, que ainda não possui idade suficiente para votar, disse que o tema é muito discutido nas aulas de História e Filosofia. “Espero que em 2020 eu tenha maturidade suficiente para escolher os representantes, baseado em critérios sólidos”, concluiu.

Além dos alunos e professores da escola, participaram da ação o subsecretário Robson Vila Nova Lopes; a Diretora Regional de Educação, Cleisenir Divina dos Santos; o diretor da unidade, Manuel Filho; a desembargadora Ângela Prudente, o juiz da 29º Zona Eleitoral, Luis Otávio de Queiroz Fraz e o diretor executivo da Escola Judiciária do Tocantins, juiz Henrique Pereira dos Santos.

Na segunda-feira, 7,  recebem as ações do projeto o Centro de Ensino Médio de Taquaralto, o Centro de Ensino Médio Castro Alves, a Escola Estadual Setor Sul e a Escola Estadual Novo Horizonte. Já na terça-feira, 8,  a visita ocorre na Escola Estadual Maria dos Reis Alves Barros, no Colégio Estadual Beira Rio, no Colégio da Polícia Militar do Estado do Tocantins e no Colégio Estadual Girassol de Tempo Integral Rachel de Queiroz. Na quarta-feira, 9, o projeto chega ao Colégio Estadual Duque de Caxias e ao Colégio Estadual Dom Alano Marie Du Noday.

Projeto Agentes da Democracia

Na primeira etapa, o projeto percorrerá todas as Zonas Eleitorais do Tocantins, atendendo 70 Escolas Estaduais, para capacitar, mobilizar e incluir social e politicamente os jovens matriculados no ensino médio da rede pública de ensino. Além disso, os objetivos também são despertar para a importância do voto, preparando aqueles que irão participar das decisões políticas fundamentais do país, formando cidadãos mais conscientes de seu papel na construção de uma sociedade mais livre e democrática.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.