No município de Nova Olinda, no norte do Estado, o candidato a governador do Tocantins pela Coligação A Verdadeira Mudança, Carlos Amastha (PSB), detalhou na manhã desta segunda-feira, dia 7, algumas ações para desenvolver pequenos e médios municípios do Estado.

“Primeiramente, temos que aproveitar a vocação da região ou do município para dar início a um planejamento de crescimento e implementar nas ações. E as ações são tocadas na forma de agregar valor aos produtos. Como? Capacitando as pessoas envolvidas na produção, utilizando o Estado como indutor do desenvolvimento oferecendo assessoria técnica e financiamento com juros adequados à realidade da cidade, do cidadão, para que ele possa ter o Estado como parceiro neste crescimento”, afirmou, em entrevista à Rádio Terra FM de Nova Olinda.

Questionado sobre as ações específicas ao município, ele declarou que vai incentivar a diversificação da produção dos municípios e da região. “Aqui em Nova Olinda as oportunidades de emprego foram em torno do [frigorífico] Master Boi, a prefeitura e o [posto de combustível] Marajó. Soube que há sete olarias. Podemos investir nisso, ou seja, criar condições para que esses empreendedores possam crescer com apoio do Estado”, declarou.

Emprego em renda

Amastha, empresário de formação, foi sucinto ao afirmar que com sua experiência no empreendedorismo e depois gestor “sabe como fazer”. “As olarias podem gerar mais emprego e renda. Ele pode ter maior valor agregado. Precisa especializar, capacitar, oferecer financiamento através do Banco do Povo. Um projeto de qualificação é fundamental. Nós, enquanto gestores  no Estado, abriremos mercado. Sei fazer isso e tenho condições de fazer”, garantiu.

Outro ponto abordado por ele foi o desenvolvimento da agricultura na região. “Os assentamentos que existem aqui são um exemplo: os pequenos e médios agricultores precisam diversificar a produção. Temos plano de fazer funcionar os mecanismos do Estado para oferecer assistência técnica e condições para isso”, finalizou.

Proposta e agenda

Na cidade, além da entrevista, Amastha conversou com moradores e comerciantes. Falou das propostas e da situação crítica econômica e política do Tocantins. Amastha também visitou o Frigorífico Master Boi, onde conversou com os funcionários. Ele recebeu manifestações de apoio e voto para a eleição suplementar do dia 3 de junho.

Amastha segue na Região Norte do Estado nesta semana, onde deve visitar cerca de 20 municípios. Ainda nesta segunda, há compromissos em Wanderlândia, Darcinópolis, Palmeiras e Tocantinópolis.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.