Amastha e Célio Moura

Em julgamento que começou na manhã desta segunda-feira, 14, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) considerou legal a coligação do PSB com o PT visando as eleições do dia 3 de junho. A decisão, que sacramenta a Coligação A Verdadeira Mudança, encabeçada pelo candidato a governador Carlos Amastha, tendo como vice Célio Moura, aconteceu durante o julgamento do Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (Drap), que foi deferido pela maioria da corte, com apenas um voto contrário.

Relator do processo, o desembargador Agenor Alexandre foi um dos que votaram pela legitimidade da coligação, assim como também votou favoravelmente aos registros das candidaturas de Carlos Amastha a governador e de Célio Moura a vice-governador.

Com parecer favorável também do procurador regional eleitoral, Álvaro Manzano, o julgamento dos registros de Amastha e de Célio deverá ser finalizado nesta terça-feira, 15.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.