Durante um tiroteio na manhã desta quarta-feira, 24, dez pessoas, sendo nove homens e uma mulher, acabaram mortas no interior da fazenda Santa Lúcia, localizada município de Pau D’Arco, a 60 km do perímetro urbano no Estado do Pará.

O confronto foi entre um grupo de posseiros armados e policiais militares e civis, comandados pela Delegacia de Conflitos Agrários em Redenção (DECA). Policiais que participaram da operação informaram que quando as viaturas se aproximaram foram recebidas à bala e que os homens correram para a mata, onde se entrincheiraram e continuaram atirando contra os agentes.

Os dez corpos foram levados para o necrotério do Hospital Municipal, em Redenção. A polícia ainda não revelou a identidade dos mortos, apenas adiantou que esse bando era liderado por Ronaldo Pereira, vulgo “Lico” e Antônio, vulgo “Tonho”. A polícia também não informou se ambos estão entre os mortos no tiroteio.

Com o bando foram apreendidas 11 armas, dentre elas, espingardas cartucheiras, um fuzil 762 e uma pistola clock 380. A fazenda Santa Helena há muito tempo está em conflito e nos últimos dias tem se acirrado. (Com informações Jornal A Notícia)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.