Com destino a Brasília uma caravana do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO) participa nesta quarta-feira, 24, da manifestação nacional Ocupa Brasília, contra a Reforma da Previdência.

Ao todo, cinqüenta e duas pessoas viajam em um ônibus que reunirá sindicalistas do SISEPE-TO e da Nova Central Sindical de Trabalhadores no Tocantins (NCST-TO).

Nesta quarta, a caravana responde ao chamamento das centrais a nível nacional e participa do movimento se juntando a sindicalistas de todo o país.

Na capital federal, a manifestação começa às 08h e tem previsão para acabar às 17h. São esperados milhares de trabalhadores e movimentos sociais de todos os estados brasileiros.

Para o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro é importante que as entidades participem das manifestações que podem mudar o rumo do país.

“Precisamos fazer parte e não deixar que os nossos direitos sejam usurpados. Se não estamos a frente, vamos ser engolidos por estas mudanças que não nos beneficiam, pelo contrário, só reforçam os retrocessos que estamos vivendo com a aprovação da Terceirização, da Reforma Trabalhista. Estaremos em Brasília para fazer coro as vozes dos tocantinenses que não querem o desmonte da Previdência”, afirma o presidente.

A Reforma
Na Câmara, a Reforma está adiantada. A comissão que analisa as alterações nas regras para a aposentadoria, de acordo com o texto enviado pelo governo federal, concluiu a redação do projeto.

O relatório aprovado pelos integrantes da comissão especial definiu que o pagamento integral da aposentadoria só vai acontecer para homens com 65 anos e mulheres com 62, com tempo mínimo de 25 anos de contribuição. Por isso a necessidade de convocar a manifestação, com participação de todos.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.