Foto: Dirceu Leno

Barraqueiros, barqueiros, vendedores ambulantes e demais microempreendedores participaram nesta quarta-feira (10), no auditório do Campus da Universidade Federal do Tocantins, da Semana do Microempreendedor Individual (MEI). A capacitação foi promovida pelo Sebrae e contou com a parceria da Prefeitura e Coordenação Municipal de Cultura de Tocantinópolis.

A programação ofereceu atividades gratuitas a microempresários, estudantes e aos potenciais empreendedores que atuam na informalidade, com o objetivo de estimular a formalização de profissionais autônomos nessa categoria e, também, dar condições para que os microempreendedores individuais já formalizados e cadastrados desenvolvam seus negócios e expandam sua atuação no mercado.

Durante as palestras: Como vender para o poder público e Como encantar clientes, e Oportunidades de vendas em tempos de crise, os participantes tiveram a oportunidade de obter orientações empresariais sobre as obrigações legais do MEI, e dicas de como o vendedor superar a crise. Serviços de baixa empresarial, formalização e alteração da empresa, além de palestras e consultorias para esclarecimento de dúvidas, também foram ofertados. Ao final do curso, todos os participantes receberam certificados.

A maioria dos participantes irão comercializar durante as festividades dos meses de junho e julho. “A Prefeitura tem como meta valorizar a mão de obra local, e exemplo disso, é parceria firmada com o Sebrae para a promoção dessa capacitação, a qual servirá para que os microempreendedores possam obter mais conhecimento, fortalecer os pequenos negócios e aumentar o número de trabalhos formalizados”, destacou o Coordenador Municipal de Cultura, Celino Nunes.

O prefeito Paulo Gomes (PSD) destaca que além de investir e valorizar a mão de obra, a atual administração visa fortalecer a economia local. “Tocantinópolis possui um número significativo de microempreendedores individuais para a economia do Município e que precisa ter condições de manter suas atividades e de crescer cada vez mais. Por isso a capacitação e orientação são tão importantes”, enfatiza.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.