Aves abatidas e armas de fogo apreendidas

Uma equipe do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) prendeu na sexta-feira, 05, nos trilhos da Ferrovia Norte Sul, próximo ao Pontilhão do Lago do Estreito, município de Aguiarnópolis, dois indivíduos suspeitos de porte ilegal de arma de fogo e transporte ilegal de espécimes da fauna sem autorização. Com a dupla os policiais apreenderam duas armas de fogo de fabricação artesanal, calibres 28 e 36, quatro aves silvestres abatidas, apitos para chamar aves ou animais, porções de pólvora negra e chumbo, capsulas de munições intactas e deflagradas.

A PM recebeu denúncia sobre a prática de caça ilegal nas proximidades da Ferrovia Norte Sul. No local indicado os militares ouviram dois disparos de arma de fogo e em seguida visualizaram os dois indivíduos suspeitos nos trilhos da Ferrovia. Os homens estavam com as armas de fogo no ombro e portavam duas mochilas com as aves silvestres abatidas e o restante do material.

Durante a abordagem os militares questionaram os indivíduos se eles portavam algum tipo de licença dos órgãos ambientais para os transporte dos animais silvestres, e também documentação para o porte das armas. Como os homens não apresentaram a documentação exigida pelos órgãos competentes, foram encaminhados à Delegacia de Polícia na cidade de Tocantinópolis, para os procedimentos legais cabíveis.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.