Policiais Civis da Delegacia de Araguatins, no norte do Tocantins, comandados pelo delegado Edson José Lobato Borges efetuaram, no final da tarde da última segunda-feira, 8, a prisão de Francisco de Assis da Silva, 61 anos de idade. Francisco é acusado de descumprir decisão judicial e foi capturado, mediante o cumprimento de mandado de prisão preventiva, quando se encontrava em um bar, na cidade de Buriti do Tocantins.

Conforme o delegado Edson Lobato, Francisco havia se mudado da cidade e permaneceu ausente por alguns anos, todavia, há poucos meses, ele retornou para Buriti e passou a fazer ameaças de morte à ex-companheira e ao próprio filho, pois exigia que a ex-mulher lhe cedesse à residência onde ambos conviveram.

À medida que a situação se agravou, e as ameaças foram intensificadas, a vítima procurou a Justiça, que instaurou procedimento judicial estabelecendo audiências para que o acusado pudesse explicar sua conduta e o caso fosse resolvido. No entanto, apesar de ser intimado várias vezes a comparecer ao fórum de Araguatins, Francisco não se manifestou e, desse modo, teve sua prisão preventiva decretada pelo juízo da Comarca daquele município.

Com a ordem judicial em mãos, a equipe de investigadores deu início às buscas e, na tarde da última segunda-feira, localizou o indivíduo, que foi preso e conduzido à Cadeia Pública de Araguatins, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Após a prisão de Francisco, os policiais civis retornaram à sua residência, na zona rural de Buriti, onde encontraram e apreenderam uma espingarda tipo “Bate Bucha”, de fabricação artesanal, de propriedade do acusado. Com isso, o homem também responderá pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.