CREA-TO

Até 31 de maio, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Tocantins (CREA-TO) realiza a 4ª Campanha de Conciliação, que possibilita aos profissionais, empresas e leigos negociar seus débitos de anuidades em atraso e auto de infração inscritos ou não em dívida ativa. Os pagamentos realizados no período da campanha terão descontos especiais, conforme Portaria nº 10/2017.

Grande parte dos débitos que os profissionais, empresas e demais notificados detém com o Conselho são resultantes de processos de multas e de anuidades. Com a possibilidade de negociações, a Campanha de Conciliação do CREA-TO é um instrumento de economia financeira, o que diminui substancialmente o tempo de duração do processo e torna a conciliação satisfatória.

Para os profissionais, empresas e leigos, a Conciliação é uma oportunidade de regularizar a situação com o Conselho, obtendo redução de juros e multa nas pendências. Confira abaixo os descontos:

Processos referentes a auto de infração
• 90% de redução de juros e multa, no caso de pagamento à vista
• 70% de redução de juros e multa, no caso de pagamento parcelado de duas a três parcelas
• 50% de redução de juros e multa, no caso de pagamento parcelado de quatro a seis parcelas
• 20% de redução de juros e multa, no caso de pagamento parcelado de dez a doze parcelas

Anuidade
• 90% de redução de juros e multa, no caso de pagamento à vista
• 70% de redução de juros e multa, no caso de pagamento parcelado de duas a três parcelas
• 50% de redução de juros e multa, no caso de pagamento parcelado de quatro a seis parcelas

Esta negociação será realizada na Sede do Conselho, localizada na 602 Sul, Avenida Teotônio Segurado, de 12h às 18h no setor de Dívida Ativa e Cobrança, e nas inspetorias de Augustinópolis, Araguaína, Guaraí, Gurupi, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional nos respectivos horários de funcionamento. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (63) 3219-9838 ou 9806.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.