Droga apreendida na residência de acusada de tráfico de  drogas em Palmas
Droga apreendida na residência de acusada de tráfico de drogas em Palmas

Em uma ação de combate à criminalidade, especialmente ao tráfico de drogas, a Polícia Militar realizou duas prisões de suspeitos no sábado, 07, na região sul de Palmas. Uma mulher de 20 anos, e um homem de 23 anos, foram presos acusados de tráfico de entorpecentes.

A primeira prisão ocorreu no Jardim Aureny II, depois de ação do serviço de inteligência da PM que identificou uma residência que estava funcionando como “Boca de Fumo”. Uma equipe do serviço ordinário foi acionada e no local informado localizou a suspeita. Durante buscas no interior da residência os policiais encontraram aproximadamente três quilos e setecentos gramas de maconha em forma de tablete, uma balança de precisão e R$ 105, 00 em espécie.

A mulher foi presa em flagrante e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o material apreendido, para os procedimentos cabíveis. Uma criança que estava na residência foi encaminhada ao Conselho Tutelar.

Já na Avenida Tocantins, Setor Santa Fé, a Polícia Militar prendeu outro acusado de tráfico de entorpecentes, um jovem de 23 anos. A ação também contou com a participação do serviço de inteligência da PM. O jovem que estava em atitude suspeita no local foi submetido à busca pessoal, momento em que os policiais localizaram em seu poder 150 gramas de uma substância aparentemente crack e 250 gramas de uma substância semelhante a pasta de cocaína, além de R$ 99,00 em espécie.

O indivíduo estava em liberdade provisória (indulto dia das mães) por estar cumprindo pena pelo artigo 157, sendo no momento monitorado por uma tornozeleira eletrônica. O criminoso foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos que o caso requer. Uma moto Honda Biz utilizada pelo suspeito também foi apreendida.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.