O candidato à presidência do Simed (Sindicato dos Médicos no Estado do Tocantins) pela chapa 2 “Responsabilidade Classista”, Hugo Magalhães, 34 anos, visitou no final de semana médicos dos municípios de Pedro Afonso, Guaraí e Colinas do Tocantins. Acompanhado do integrante da chapa Hilton Mota, Hugo Magalhães apresentou propostas, ouviu os colegas sobre os problemas como necessidade de mais servidores, falta de medicamentos, materiais e condições de trabalho. Outra queixa diz respeito à gestão atual do Simed que, conforme os profissionais, está centralizada em Palmas e que é necessária alternância no comando da diretoria.

Em Guaraí, Hugo Magalhães e Hilton Mota conversaram com os médicos de plantão Gabriel Guimarães, Paulo Sérgio Alves de Araújo e Roberto Ricker. E também visitaram Silberto Cruz em uma clínica na cidade. Já no Hospital Municipal de Colinas, um dos contatos foi feito com o médico João Ramos, da obstetrícia.

Responsabilidade

A responsabilidade com o fortalecimento da classe foi defendida por Hugo Magalhães. “Nós temos a responsabilidade e o comprometimento de fazer do Simed referência e atuar junto com outras categorias para garantir os direitos dos médicos, bem como estar ao lado de todos que atuam na saúde. Mas é fundamental que o Simed se fortaleça, tanto para atender os colegas da capital como os que trabalham no interior”, declarou Hugo.

Entre as propostas estão o Plantão jurídico 24h, ações para valorizar a imagem do médico, fortalecimento da categoria, investimento de cursos na capital e no interior, além da nomeação de colegas no interior para função de “delegados regionais”.

“Eles serão o elo entre os colegas da região e a direção do Simed para que possam estar cientes e participar ativamente do que é discutido pela classe e todas as ações da diretoria”, disse.

“Além disso, é nosso compromisso adotar um aplicativo onde todas as informações serão compartilhadas pelo profissional em seu aparelho celular. Cursos, lutas, informações sobre direitos dos colegas e muitas outras coisas. Com esse aplicativo, os médicos, tanto da capital como do interior, terão acesso ao que ocorre no Simed e que é de seu interesse”, finalizou.

colinas
colinas
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.