A Secretaria de Segurança Pública do Tocantins intensificou o combate à criminalidade no Estado, realizando uma operação policial em Araguaína, denominada Araguaína mais segura, cujo objetivo é coibir ações criminosas e reduzir os índices de delitos praticados na cidade.

Reforço foi enviado à cidade como o Grupo de Operações Táticas Especiais da Polícia Civil (Gote), além de apoio aéreo, para dar suporte na realização de ações policiais que acontecem desde o dia 23, sendo intensificada na madrugada de quinta, 26, com uma operação integrada, composta por policiais civis e militares.

Durante a operação, policiais percorreram várias regiões da cidade, priorizando áreas que apresentam maior índice de criminalidade, bem como localidades que possuem solicitações da população para uma maior intervenção policial. Na ocasião, os policiais abordaram pessoas em atitudes suspeitas, realizaram revistas pessoais e em veículos, em busca de quaisquer objetos ilícitos e de origem criminosa.

De acordo com o delegado Marcio Girotto, um dos coordenadores da operação, policiais civis foram convidados pelo proprietário de um estabelecimento comercial, localizado na região central da cidade, para realizar revistas e, ao explicar o trabalho que estava sendo feito, foram aplaudidos pelos presentes. “Fomos surpreendidos pelos aplausos de pessoas que estavam em um dos bares visitados por nossas equipes. No momento que explicamos o que seria feito e qual a finalidade, todos aplaudiram e isso é gratificante. As pessoas gostam e precisam se sentir seguras”, finalizou o delegado que também é diretor de Polícia do Interior. Marcio Giroto disse ainda que o objetivo da operação foi alcançado e que outras ações continuarão a serem executadas, inclusive com o apoio do serviço de inteligência da SSP.

A operação foi coordenada pelos delegados Marcio Girotto, diretor de Polícia do Interior; Emerson Moura, Delegado Regional de Araguaína; e Rildo Barreira, diretor do Gote; além de delegados e agentes da 1ª DRPC de Araguaína e policiais militares da Força Tática, do 2BPM.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.