Com o objetivo de debater e aprovar propostas que vão compor a adequação do Plano Municipal de Educação (PME) 2015/2025, a Secretaria Municipal de Educação está promovendo o Fórum Municipal de Educação (FME). Na ocasião, está sendo realizada a primeira Audiência Pública Municipal que aprovará o Plano. A abertura ocorreu na noite de ontem, 20, e encerra hoje, 21, com as discussões e plenárias que acontecem ao longo do dia, na Câmara Municipal.

A abertura contou com a presença da reitora, Dra Lady Sakay, presidente da Fundação UnirG, Sávio Barbalho, a vice-reitora Me. Janne Marques, o Pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa, Me. João Bartholomeu Neto, além do Prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, representantes do município e profissionais da área.

Na manhã de hoje os profissionais estão reunidos para discutir os sete eixos: Eixo I e II traçam metas e diretrizes para a Educação Básica I (Educação infantil) e Educação Básica II (Ensino Fundamental); Eixo III – Diversidade (Educação Especial); Eixo IV – Educação Profissional (Superior e Tecnológica); Eixo V – Formação, Valorização e Carreira;  Eixo VI – Gestão Democrática e Qualidade da Educação; e o Eixo VII – Financiamento da Educação.

A reitora do Centro Universitário UnirG, Lady Sakay, participa do Fórum como representante do Ensino Superior e membro do Fórum Estadual de Educação. Segundo ela, a realização da Audiência servirá como ponta pé inicial para que melhorias na educação em Gurupi sejam aplicadas.

“Será um passo importante para a concretização do processo democrático e, principalmente, as metas e estratégias que servirão para o desenvolvimento nos próximos 10 anos da Educação”, avaliou a reitora.

O presidente da Fundação UnirG, Sávio Baralho, destacou a importância da promoção de discussões voltadas para a educação. “O evento abrange as políticas públicas do ensino fundamental e superior, e por isso não poderíamos estar de fora. Somos formadores de profissionais da área e muitos deles estão inseridos no processo da educação no Município”, disse.

De acordo com a coordenadora da equipe técnica do PME e do FME, Glades Regino, o objetivo é ainda valorizar os profissionais de forma democráticas. “Essa é a oportunidade de dar voz a cada classe que está envolvida. São mais de 120 participantes representando profissionais da área, pais, alunos, comunidade e associações classistas, em prol da melhoria na educação de Gurupi”, ressaltou.

Na tarde de hoje, a partir das 14h, as propostas das discussões serão apresentadas em uma plenária final. Na ocasião será elaborado um documento que será transformado em Lei e deverá ser aprovada pelos Vereadores, até 26 de junho.

“O mais importante é que o Fórum e o Conselho Municipal de Educação irão acompanhar a implantação da Lei durante esse período de 10 anos”, finalizou Lady Sakay.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.