O lavrador Gilvan Alves Madeira, de 33 anos, foi preso na madrugada de sábado 29, após agredir fisicamente sua companheira, identificada pelas iniciais A.C.S.R.S., de 41 anos, em frente ao bar da Ana, centro de Sampaio.

Segundo a Polícia Militar, responsável pela prisão do autor, ele teria ficado com ciúmes, porque a vítima teria passado o dia todo na cidade de Praia Norte, onde os filhos dela residem, sendo que ao voltar de lá foi recebida a golpes de madeira na cabeça pelo lavrador. Após ser agredida, ela se esc0ndeu na casa de um vizinho e acionou os militares.

Diante das circunstâncias, os policiais empreenderam diligências e localizaram o agressor momentos depois ainda nas proximidades do local onde tudo ocorreu e, em seguida deram voz de prisão a ele e o conduziram à Delegacia de Polícia de Augustinópolis, onde ele foi autuado em flagrante delito, em conformidade com a Lei Maria da Penha. Gilvan foi recolhido a uma das celas da Cadeia Pública, onde permanece à disposição da justiça. (Patrulha na Net)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.