Divulgação
Divulgação

A unidade do “É Pra Já” de Araguaína foi roubada pela sexta vez na última sexta-feira, 08. De acordo com a Polícia Militar (PM), por volta das 14h20 um homem entrou no estabelecimento portando uma arma de fogo e anunciando o assalto. O criminoso teria mandando também todos que estavam dentro da unidade se deitar no chão.

Ao chegar próximo aos caixas do banco, o homem obrigou os funcionários a passar todo o dinheiro. Ao todo, R$ 9 mil foram levados pelo criminoso, que ao sair da agência subiu numa moto pop 100 junto conduzida por uma mulher. Até o momento, a PM não tem pista dos suspeitos.

Uma funcionária que preferiu não se identificar, relatou o terror que as vítimas presenciaram. “Assaltaram pela sexta vez o correspondente do Banco do Brasil localizado dentro da unidade do É Pra Já, só que desta vez usaram de violência. Venho conversando com diversos colegas desde então, que ainda se encontram em estado choque. Por incrível que pareça, o pior de tudo não foi o assalto em si, foi como essa situação já prevista foi tratada com descaso”, disse.

Ainda segundo a servidora, há muito tempo foi solicitado reforço para a segurança da unidade. “Até foram contratados novos profissionais, mas eles não têm uniforme e nem arma possuem… Eles estão expostos como os funcionários e os clientes (até criança tinha lá). Temos uma câmera que não grava e o único ponto cego é o banco”, informou.(Fonte: Portal o Norte)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.