Senador Vicentinho Alves

O senador Vicentinho Alves (PR) deve abrir mão da candidatura ao governo do Estado na eleição suplementar que acontece no próximo dia 3 de junho e fechar apoio a outro bloco. O motivo seria a indefinição do partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB), que desistiu de realizar convenções nesse final de semana e aguardar a decisão de um recurso impetrado no STF pelo governador cassado Marcelo Miranda. No recurso a defesa de Miranda tenta reverter os efeitos da cassação.

Vicentinho por enquanto conta apenas com apoio do Solidariedade (SD), do deputado Estadual Vilmar de Oliveira, já o MDB estaria avaliando não coligar com nenhum candidato e também não lançar candidato.

Nessa situação o palanque do senador se enfraquece, além de perder tempo de propaganda eleitoral no rádio e na televisão.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.