Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos pela Polícia Civil na Prefeitura de Augustinópolis na tarde desta terça-feira (24). Também foi cumprido um mandado de prisão temporária contra o secretário de Infraestrutura da cidade, Basílio Costa Oliveira. Conforme informações preliminares da polícia, são investigadas irregularidades e superfaturamento na construção de duas pontes.

A operação começou no início da tarde com o cumprimento dos mandados de busca na sede da Prefeitura de Augustinópolis. O secretário que teve a prisão temporária decretada é irmão do prefeito Julio Oliveira (PRB). As investigações são comandadas pelo delegado Jacson Wutk.

As pontes que são investigadas ficam nos povoados de Vinte Mil e São Roque, na zona rural da cidade. A suspeita da polícia é de que as estruturas foram feitas por um prestador de serviço, mas as notas fiscais e pagamentos foram feitos para outras empresas com valor acima do que foi gasto.

Foram realizadas buscas na Secretaria de Infraestrutura e Transportes e na casa do secretário. Além disso, funcionários da prefeitura também foram levados para prestar depoimento. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.