Policiais Civis da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (DENARC), comandados pela delegada Luciana Coelho Midlej efetuaram na tarde desta quarta-feira, (11), a prisão de Lucas Messias Reis, vulgo “Paraguai”, de 24 anos de idade. O indivíduo é suspeito pela prática do crime de tráfico de drogas e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, originária da operação “Brasil Central”, quando se encontrava no Setor Itaipu, em Goiânia.

Na ocasião da operação, Lucas Paraguai mantinha em depósito dezenas de quilos de maconha e um mini laboratório onde multiplicava cocaína, adicionando insumos como acido bórico e outros. A habilidade em multiplicar a cocaína deu origem a seu apelido, pois os usuários reclamavam da qualidade da cocaína chamando-a de paraguaia (conotação de falsificada).

Lucas estava foragido em Goiânia, articulando remessas de entorpecentes e anabolizantes para o Tocantins, mas foi descoberto mediante investigação da Denarc. Após localizar o foragido, os policiais civis da Delegacia Especializada  foram até a capital de Goiás, onde prenderam Lucas, que foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Goiânia.

O indivíduo deve ser recambiado para Palmas, dentro em breve, a fim de que responda pelos crimes que lhe são imputados.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.