Há uma tendência mundial em beber menos e com melhor qualidade. É o que aponta o estudo da Nielsen, que constatou que embora as vendas de cervejas em 2017 tenham caído 1,7%, se comparado ao ano anterior, o faturamento cresceu 1,6% no mesmo período, impulsionado, inclusive, pelo crescimento do consumo de cervejas artesanais e premium. E o que comprova isso são os dados divulgados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que apontou um crescimento de 37,7% no número de cervejarias registradas no Brasil no ano passado.

O que acha de desenvolver uma matéria sobre como as cervejarias estão visualizando este mercado e investindo no segmento?

Entre os empreendedores do segmento está o Daniel Wolf, fundador e diretor da rede Mestre-Cervejeiro.com, a maior rede de lojas especializadas em cervejas artesanais do Brasil. “Somos referência no que fazemos. Fomos o primeiro site sobre cerveja artesanal do Brasil, a primeira loja exclusiva de cervejas e hoje somos a maior rede de lojas de cervejas artesanais do país”, explica o executivo.

O faturamento da rede, que atualmente conta com 61 unidades em diferentes cidades e estados, foi R$ 24 milhões em 2017. “Temos mais de 3.500 cervejas nacionais e importadas que estão cadastradas no sistema central da rede, conforme disponibilidade e características da região. Além disso temos a linha de cervejas próprias, muitas delas premiadas”, finaliza.

Caso tenha interesse em desenvolver essa ou alguma outra matéria sobre o assunto, estamos a disposição para agendar entrevistas com o executivo.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.