A conclusão das obras do Fórum de Araguaína foi um dos assuntos tratados na tarde desta quinta-feira, 27, entre os presidentes da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Carlesse (PHS), e do Tribunal de Justiça, desembargador Eurípedes Lamounier.

De acordo com o magistrado, para terminar a obra, é preciso realocar recursos próprios, já que o montante ultrapassa os 5% permitidos para remanejamento pela Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017.

Como a operação requer a autorização prévia dos deputados, o presidente do Tribunal veio à Assembleia pedir apoio, prontamente oferecido por Carlesse. Lamounier apontou a melhoria na prestação jurisdicional como o maior benefício que a medida vai trazer para a população. (Glauber Barros)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.