Cerca de cem ex-prefeitos municipais são esperados neste sábado, 8, na Capital, para a oficialização da Associação Tocantinense de Ex-Prefeitos do Estado. A entidade foi criada por ex-prefeitos, com o apoio da senadora Kátia Abreu, com a finalidade de auxiliá-los junto às instituições do Estado. A oficialização da entidade acontece na manhã deste sábado, por volta do meio dia, na residência da senadora Kátia Abreu.

Cerca de 50 ex-prefeitos procuraram inicialmente a senadora Kátia Abreu em busca de apoio na defesa de suas questões junto ao TCE, Justiça e Ministério Público estaduais. A Senadora, então, mobilizou um grupo de ex-Chefes de Executivos municipais, disponibilizando-lhes assessoria jurídica e contábil para a criação da entidade.

“Os ex-prefeitos precisam de ajuda, há questões simples que eles podem resolver apenas com uma boa assessoria”, disse a Senadora salientando, ainda, o caráter associativo da entidade. “No futuro terá uma sede recreativa, tudo que uma associação tem direito”, falou a parlamentar destacando que a entidade tem condições de atender sua finalidade beneficiando inúmeros ex-gestores que encontram-se deixados à margem por problemas técnicos nas suas administrações que poderiam ser solucionados facilmente.

A primeira diretoria da Associação dos Ex-Prefeitos do Estado do Tocantins tem o ex-prefeito de Santa Fé, Valtenis Lima, como presidente. Na primeira vice-presidência tomará posse o ex-prefeito de Taipas, Joaquim Carlos Azevedo. A entidade terá como segundo vice-presidente o ex-prefeito de Natividade, Albany Nunes Cerqueira.

Na primeira secretaria será empossado o ex-prefeito de Araguaína, Valuar Barros e a ex-prefeita de Araguaçu, Waltyr Rocha Santos Santana será a segunda secretária. O  primeiro tesoureiro da entidade será o ex-prefeito de Araguacema, João Paulo Ribeiro Filho, tendo como segundo tesoureiro o ex-prefeito de Fátima, Raimundo Mascarenhas Neto.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.