Alunos da escola Presbiteriana de Colinas

Visando valorizar a história regional e oportunizar aos estudantes o conhecimento de fatos e locais históricos do município, a Escola Presbiteriana de Colinas, conveniada com a rede estadual de ensino, está desenvolvendo o projeto Minha Cidade com alunos da unidade escolar. Até o dia 17 de abril, eles irão visitar espaços públicos, entrevistar moradores e registrar em fotografia e vídeo tudo o que aprenderam. O resultado da pesquisa será exibido para a comunidade no dia 21 de abril, dia do aniversário de Colinas.

Dentre os espaços já visitados estão a Prefeitura Municipal, a Câmara Municipal e o Monumento dos Pioneiros de Colinas. Estão participando da ação, cerca de 600 alunos do 4º ao 9º ano do ensino fundamental.

De acordo com a professora de História da escola, Maria Aparecida de Luna Sousa, o projeto Minha Cidade tem ainda o intuito de permitir a compreensão dos acontecimentos que envolvem os 57 anos de Colinas. “O contato com as fontes históricas materiais e orais fornecem ao educando a possibilidade de absorver as informações de modo rápido e concreto, facilitando a aprendizagem. O conhecimento histórico precisa ser valorizado e transmitido. Para que isso ocorra com sucesso as atividades que envolvem o projeto visam dinamizar as aulas e animar os educandos a descobrirem a história de Colinas com mais entusiasmo”, disse.

Para os alunos, a iniciativa permite olhar a cidade de forma nunca imaginada por eles. “O projeto Minha Cidade nos ajuda a conhecer mais sobre a história do nosso município. Também achei importante conhecer os departamentos da Prefeitura, entendendo a função deles e o que fazem para melhorar a sociedade”, relata a estudante do 8º ano, Thayná Pereira dos Santos.

Segundo a diretora da unidade escolar, Geraldina Lopes, a ação tem grande relevância para o processo educacional e formativo, “pois proporciona ao educando um conhecimento mais amplo em relação ao lugar onde vive, contribuindo para torná-los conscientes da realidade local, além de ajudar no desenvolvimento integral dos alunos, para que se tornem cidadãos comprometidos e atuantes na sociedade”.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.