Na tarde desta quarta-feira, 06, houve confronto contra policiais durante um cumprimento de mandado de prisão contra um homem acusado da morte de um PM em Araguaína.

O confronto aconteceu no setor Oeste, por volta das 16h30min, quando agentes do Comando de Operações Especiais (COE), cumpriam mandado de prisão contra Matusalém de Sousa Silva, de 31 anos, um dos suspeitos de envolvimento na morte do PM Dionedith Macedo, assassinado no final de abril em 2013. Dionedith foi morto por Adriano da Hora Oliveira de 37 anos depois dele receber a arma das mãos de Matusalém. Outras duas pessoas também morreram no tiroteio.

Foto: Deon
Foto: Deon

Segundo a própria PM, Matusalém tentou resistir à prisão e abriu fogo contra os policiais efetuando vários tiros e foi baleado.

O criminoso foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado para o Hospital Regional de Araguaína (HRA). Ele não corre risco de morte. Depois de receber atendimentos médicos, foi detido e permanecerá à disposição da justiça.

Matuzalem é o terceiro preso pela morte do policial. Foram capturados Denis Franca Silva, André Luíz Pereira e agora Matuzalem de Sousa Silva.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.